16 December 2009

Amazonas - 3o Dia em Copenhagen

Neste tercero dia, inciou-se com o evento do Governo do Amazonas, convidado pela Fundação Bellona (www.bellona.org) para apresentar no Bellona Hall do Bella Center (local do evento principal de negociação).  Apresentou-se o programa Zona Franca Verde em conjunto com o Bolsa Floresta da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) como importantes componentes da redução do desmatamento ocorrida no Amazonas nos últimos anos.  Falaram Virgílio Viana e Eduardo Braga, com comentários ao final de Paulo Adário, presidente do Greenpeace no Brasil.  É uma grande transformação ver o Greenpeace em um painel com autoridades ao invés de acorrentado a árvores.

Seguiu-se então para a reunião do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, onde a mesa foi liderada por Luis Pinguelli Rosa e composta por Carlos Minc, Dilma Rouseff e Eduardo Braga.  Discutiu-se o andamento das negociações e o nível de aceitação da proposta brasileira.  Membros de ONGs, especialmente Greenpeace e WWF, fizeram sugestões para facilitar a aprovação da entrada de florestas no novo protocolo.  Discutiu-se extensivamente o balanceamento entre preservação de florestas e melhorias das condições de vida na Amazônia, com especial foco na manutenção de oportunidades de desenvolvimento mesmo em meio a um cenário de compromissos de reduçào de desmatamento.

O último importante evento do dia foi a reunião de governadores do GCF (Governors Climate Forum), originalmente composto de quatro estados brasileiros, 3 norte-americanos e 2 indonésios, mas que tem crescido para abarcar mais dois brasileiros (todos da Amazônia), um mexicano, um nigeriano e mais um indonésio.  A principal temática era a transmissão de liderança, que era execida pela Califórnia com o Gov. Shwarzenegger à frente, para os Governadores Eduardo Braga e Ana Júlia (como co-presidentes).  Renovou-se o compromisso de tomar ações a nível sub-nacional caso os países não cheguem a um claro acordo em Copenhagen, especialmente com a inclusão de florestas tropicais no sistema de redução de emissões da Califórnia que entar em atividade em 2012.  O Governador Schwarzenegger também assumiu o compromisso de comparecer ao próximo evento do grupo de acontecerá em Manaus no primeiro trimestre de 2010.

Apenas como comentário extra, é impressionante a desorganização dos dinamarqueses.  Há pessoas credenciadas para o evento que esperaram 4 a 5 horas entrar.  Lembre-se que aqui está zero grau, e se espera do lado de fora.  Muitos desistiram, com razão.  Ninguém sabe dar orientações, as filas para tudo são imensas (desde credenciamento a cachorro quente), a sinalização e mapas dos pavilhões são deficitárias.

Imagino que se fosse no Brasil já haveria comentários de que isso é fruto de país subdesenvolvido...
Reação:

0 comentários:

Post a Comment