06 May 2009

Um punhado de boas notícias

Em meio a uma onda global de incipiente otimismo frente a uma dramática crise, a economia amazonense adiciona seu micro-quinhão ao mundo.  

Buscando soluções do século XXI aos eternos problemas de isolamento e pobreza da Amazônia, duas notícias relativas à inclusão digital trazem alento.  A primeira, que até abril de 2010, teremos todas as sedes de município no Brasil (e consequentemente no Amazonas) cobertas com telefonia celular 3G.  Dado o fato hoje já muito difundido e aceito de que o telefone celular é de vital importância à inclusão social, adicionado à situação atual de que apenas 31 municípios no Amazonas têm esta cobertura, podemos vislumbrar o impulso econômico que os mais pobres e isolados municípios do Amazonas devem sentir.

http://www2.camara.gov.br/internet/homeagencia/materias.html?pk=134158

Adicionalmente, a Vivo agora prepara o lançamento da conexão entre Manaus e Belém (através de Santarém) do sinal de telefonia celular, o que adiciona uma saída de dados às duas já existentes e de alto custo (ligação Manaus-Porto Velho da Embratel e satélites).  Esta conexão deve ser lançada em dois meses e será complementada pela Oi, que também prepara o lançamento de fibra ótica da Venezuela até Manaus no início de 2010. 

http://portalexame.abril.com.br/ae/economia/vivo-prepara-linha-terrestre-manaus-belem-380057.shtml

Por último, notícia antiga já para os amazonenses mas que ganha o mundo através do Bloomberg é a enorme reserva de silvinita.  O Bloomberg anuncia que o Brasil agora tem a terceira maior reserva de potássio (atrás apenas de Canadá e Rússia), baseado na reserva de Nova Olinda do Norte no Amazonas.  Esta reserva, se e quando explorada, torna o Brasil auto-suficiente em potássio e possivelmente exportador.  

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=axWs4cd5GiqE&refer=news

 

Nada como um punhado de boas notícias.

Reação:

6 comments:

  1. Definitivamente boas notícias! Com relação a segunda delas, será que teremos muitos embates ambientais com relação a exploração deste minério?

    ReplyDelete
  2. Denis, fiz um levantamento para a FAS da cobertura celular atual e prevista (2010) por operadora em planílha e também com visualização espacial no Google Earth. Disponibilizo para download aos interessados:

    http://www.fas-amazonas.org/arquivos/cobertura_cel_am.zip

    Depois de 2010, todos nós sonhamos com a expanção das redes além das sedes municipais. Comunicar para preservar!

    ReplyDelete
  3. Quanto ao minério, é sempre central a questão ambiental. Alguns benefícios da silvinita, que já destaquei em post anterior, é o baixo impacto ao nível do solo dada a profundidade das reservas. Temos um problema com o alto teor de sal, que deve ter um destino ambientalmente adequado.

    ReplyDelete
  4. Alex,

    Certamente a cobertura de celular é de vital importância à sociedade moderna que queremos no Amazonas. A expansão além de sedes municipais é o segundo passo, creio que ainda sujeito a dificuldades tecnológicas. Um bom exemplo é a cobertura de celular ao longo da calha do rio Amazonas entre Manaus e Parintins, que creio hoje já é realidade (apesar de não ter testado).

    ReplyDelete
  5. Ótimas notícias. Me parece, finalmente, que se desenha uma espinha dorsal para a boa comunicação na Amazônia.

    ReplyDelete
  6. Excelente BLOG para todos que se preocupam com a Amazônia e com a vida dos que vivem na Amazônia.
    Deyse Cruz - Jornal TOCHA

    ReplyDelete