01 November 2008

Amazonas Digital: um passo na integração do Amazonas com o mundo

Nos encontramos em pleno século XXI, com turismo no espaço, celulares por todos os lados, imenso conhecimento nas pontas dos dedos, avanços de energia renovável, nanotecnologia em grande escala, terapias genéticas e células tronco, dentre os muitos sonhos que há vinte anos atrás pareciam impensáveis. Entretanto, a triste realidade é que, com a notável exceção dos celulares, estes enormes avanços estão restritos às nações mais desenvolvidas ou a apenas uma pequena parcela de países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil.

O Amazonas em particular tem sofrido no que diz respeito a acesso à internet.  O preço do acesso no estado é alto em relação a outros estados ou países, com qualidade inferior, prejudicando assim nossas empresas e cidadãos no que diz respeito a informação e comunicação.  O problema é ainda mais crítico no interior. 

O primeiro projeto confiado à SEPLAN no segundo mandato estadual foi o Amazonas Digital, dada a criticidade da situação.  A meta é clara, dar cobertura de internet sem fio livre para todo o interior do Amazonas.  A empresa selecionada, após concorrência, Hughes, tem a meta inicial de entregar 15 municípios em 2009, onde o perímetro urbano deve estar coberto a ponto de qualquer pessoa com conexão wi-fi (comum em laptops) poderá acessar a internet livremente.  O projeto contempla também a informatização das principais entidades do Governo Estadual e Municipal. 

Os benefícios do acesso ao conhecimento são amplos, dos quais listo alguns: compra de passagens pela internet; consulta e comparação de preços de todos os tipos de bens, desde carros a eletrodomésticos a alimentos; provisão de serviços de governo, desde consulta a legislação a inscrição de empresas na JUCEA, a submissão do imposto de renda anual, consulta de CPF e CNPJ, consulta de Serasa ou SPC para comerciantes, requerimento de boletim de ocorrência policial, dentre outros; possível diploma universitário ou de pós-graduação com aulas a distância apoiadas por internet; utilização de comunicação de voz pela internet; obtenção de notícia e conhecimento em tópicos específicos não disponíveis de outra forma; dentre muitos outros.

Há poucas certezas no mundo.  Uma delas é a certeza de que a prosperidade social é em grande parte dependente do volume de informatização e informação disponível à sociedade.  Gostaria de tomar a oportunidade de sugerir não só aos futuros internautas do interior mas também aos presentes da capital algumas ações adicionais que você como cidadão pode tomar para inserir o Amazonas no futuro próspero que sonhamos:

Ø      Leia notícias na internet, desde os veículos locais aos nacionais e internacionais.  CNN (EUA), BBC (Inglaterra) e Xinua (China) têm versões em português.

Ø      Aprenda inglês, espanhol ou chinês, e encoraje seus filhos e netos também.

Ø      Junte-se às forças armadas de jornalistas cidadãos do mundo.  Responda matérias sobre a Amazônia, reporte notícias de sua comunidade ou cidade com textos, podcast ou vídeos nos site ireport.com da CNN, no YouTube.com, dentre muitos outros.  Crie seu blog.

Ø      Junte-se a associações internacionais.  Médicos Sem Fronteiras para atender crianças doentes na Nigéria, Transparencia Internacional em busca de governos melhores, Anistia Internacional atrás de direitos humanos globais, Fundação Amazonas Sustentável e WWF em busca de conservação ambiental, etc.

Ø      Venda seus serviços pela internet.  Programadores no rentacoder.com, tradutores, escritores, desenhistas e muitos outros no elance.com

Ø      Viaje para bem longe – aproveite os novos vôos, a China, Rússia, Israel e Emirados Árabes estão a uma conexão de Manaus.  Traga experiências e idéias de volta.  Vá a feiras e congressos nacionais e internacionais.

Reação:

1 comment:

  1. Denis,

    Parabéns pela página!
    Como sugestão, divulgue o endereço em seu artigo no EM TEMPO.
    ABS
    ALENCAR

    ReplyDelete